(13) 3422-6969

(13) 99666-8581

contato@colegiobelasartes.com

Trabalho Criação de Curta “Dogma 95”

2° Bimestre

Os alunos deveram criar um curta-metragem usando as 10 regras do manifesto cinematográfico Dogma 95.

O que foi o DOGMA 95?

O MANIFESTO

Quando foi convidado para a conferência Le Cinéma vers son deuxième siècle (O cinema na direção de seu segundo século), Lars von Trier chamou Thomas Vinterberg para escrever o manifesto do Dogma 95 e o Voto de Castidade. O manifesto seria o texto com as ideias do Dogma e o Voto de Castidade conteria as regras que os filmes do Dogma deveriam seguir.

O texto do Manifesto tem início dizendo que o Dogma tem o compromisso formal de se levantar contra uma certa tendência do cinema atual. A partir de regras autoritárias, o movimento critica até mesmo a Nouvelle Vague francesa por ter sido ela, segundo seus idealizadores, um movimento que se perdeu na individualidade de seus cineastas e no conceito de autor.

O Dogma quer recusar a ideia de individualidade e autoria, como se ela tornasse os diretores muito vaidosos e, consequentemente, criasse obras fracas e falsas. O Manifesto propõe, portanto, uma espécie de “voto de castidade artístico” em que o diretor, teoricamente, não vai criar, mas seguir o Dogma e suas regras.

Surge, então, o conceito de coletivização das obras. Um conceito em que os filmes seriam colocados em uniformes e não mais seriam obras individuais. O objetivo do novo cinema do Dogma, dessa forma, é arrancar uma verdade dos personagens e cenários, rejeitando qualquer escolha estética mais pessoal.


AS REGRAS DO DOGMA 95

O Voto de castidade do Dogma é formado por estes 10 preceitos:

1. As filmagens devem ser feitas no local. Não podem ser usados acessórios ou cenografia (se a trama requer um acessório particular, deve-se escolher um ambiente externo onde ele se encontre).

2. O som não deve jamais ser produzido separadamente da imagem ou vice-versa. (A música não poderá ser utilizada a menos que ressoe no local onde se filma a cena.)

3. A câmera deve ser usada na mão. São consentidos todos os movimentos (ou a imobilidade) devidos aos movimentos do corpo. O filme
não deve ser feito onde a câmera está colocada, são as tomadas que devem desenvolver-se onde o filme tem lugar.

4. O filme deve ser em cores. Não se aceita nenhuma iluminação especial. (Se há muito pouca luz, a cena deve ser cortada, ou então, pode-
-se colocar uma única lâmpada sobre a câmera).

5. São proibidos os truques fotográficos e filtros.

6. O filme não deve conter nenhuma ação “superficial”. (Homicídios, armas, etc. não podem ocorrer.)

7. São vetados os deslocamentos temporais ou geográficos. (O filme deve ocorrer na época atual.)

8. São inaceitáveis os filmes de gênero.

9. O filme final deve ser transferido para cópia em 35 mm, padrão, com formato de tela 4:3. Originalmente, o regulamento exigia que o
filme deveria ser filmado em 35 mm, mas a regra foi abrandada para permitir a realização de produções de baixo orçamento.

10. O nome do diretor não deve figurar nos créditos.

Além disso, juro como diretor, renunciar ao meu gosto pessoal. Não sou mais um artista. Eu juro renunciar à criação de uma obra, já que
considero o instante mais importante que o todo. Meu objetivo supremo é arrancar a verdade de meus personagens e cenários. Prometo fazê-lo por todos os meios à minha disposição e ao custo de qualquer bom gosto e considerações estéticas. Portanto, faço aqui meu voto de castidade

Copenhage, 13 de março de 1995 Lars von Trier, Thomas Vinterberg

  • Os alunos devem produzir um roteiro sobre a história.
  • Os alunos poderão usar qualquer modelo de câmera filmadora digital ou câmera de smartphone para realizar as filmagens.
  • O curta deve ter no mínimo 30 minutos de duração.
  • O curta deve seguir arisca as 10 regras do manifesto Dogma 95.
  • Os alunos poderão usar qualquer editor de vídeos para a pós-produção.
  • O formato da tela deve seguir a regra do Dogma 95 (4:3)
  • Data de entrega 07/06 valendo 2,0 pontos, após a data de entrega o trabalho estará valendo 1,0 ponto.

Vídeos de Apoio:

Bons Estudos 😉